Luís Simões reforça a sua aposta na automatização com o seu novo COL
11 Fev, 2019

A Luís Simões continua a sua aposta em Guadalajara como centro nevrálgico das suas operações em Espanha, com a implementação de uma solução automatizada numa das naves do seu novo Centro de Operações Logísticas (COL) na Cidade do Transporte, em Guadalajara, cuja inauguração está prevista para este mês de fevereiro.

A Luís Simões mantém a sua aposta constante na inovação. Neste sentido, o novo complexo logístico em Guadalajara conta com a última inovação em tecnologia e o software mais moderno no que diz respeito ao automatismo de armazenamento. Esta solução terá um papel chave na otimização das operações do novo centro.

A Nave A, uma das três naves que fazem parte do novo complexo logístico, contará com uma capacidade total de armazenamento de 86.500 lugares de paletes (75.500 em temperatura ambiente e 11.000 para produtos refrigerados) e 1.800 de picking na área de automatismo. O sistema vai gerir de forma simultânea um fluxo, em hora de ponta, de 540 paletes de entrada e 440 paletes de saída.

O armazém de picking está equipado con 10 transelevadores, suspensos a 20 metros de altura por cima das estanterias. Este design inovador permite a utilização do solo para operações logísticas realizadas por operadores no nível mais baixo, circulação de empilhadores e RGVs de forma totalmente segura, combinando operações de armazenamento, picking e copacking. As características destas instalações vão permitir um processo de preparação de pedidos muito mais rápido e um armazenamento mais compacto e denso.

A Nave A liga-se aos outros dois armazéns que formam o projeto logístico da Luís Simões na Puerta Centro. O futuro COL da LS contará com a última inovação em tecnologia para a sua automatização e conta com uma superfície útil de armazenamento de 89.000m2.

Compromisso local

O projeto Puerta Centro – Cidade do Transporte vai acrescentar valor a toda a comunidade logística do Corredor de Henares, onde a Luís Simões terá uma presença relevante graças ao novo COL construído em conjunto com a Montepino. A Junta de Castilla la Mancha cooperou com a Luís Simões nos processos de seleção e formação de mais de 100 colaboradores que já foram contratadas para trabalhar nas instalações da Cidade do Transporte. Através do Centro Nacional de Referência de Energia, Água e Gás de Guadalajara, a Junta ministrou cursos de formação especializados, o que permitiu aumentar as competências técnicas da equipa com cursos de manipulação de alimentos, condução segura de empilhadores, radiofrequência, excel básico e avançado, e atendimento ao cliente.

“Contar com o apoio da Junta de Castilha La Mancha é um grande impulso para nós no trabalho que temos vindo a desenvolver na província de Guadalajara, um enclave estratégico para todas as operações da LS na Península Ibérica. Este novo projeto em Puerta Centro – Cidade do Transporte vai permitir continuarmos a nossa evolução em Espanha, com base na inovação, sustentabilidade e compromisso com o meio ambiente local como motores fundamentais de crescimento “, afirma António Fernandes, responsável pelo projeto.